sábado, 27 de agosto de 2011

Steve Jobs

Steve Jobs - Repassando...



No filme “A Mosca” o personagem central da história aparece como um sujeito que, aparentemente, sempre veste a mesma roupa, o que desperta a atenção e a curiosidade de uma nova namorada. Ele então a leva à sua casa e, abrindo as portas do armário, exibe dezenas de ternos iguais.
Nesta semana, virou manchete a saída de Steve Jobs do posto de presidente executivo da Apple, empresa americana do logotipo da maçã com uma mordida, com reputação diferenciada na indústria de informática, eletrônicos, telecomunicações e músicas digitais, disponibilizando no mercado produtos como iPhone, iMac, iPod, MacBook (notebook), e por aí vai…
Em 1975, aos 20 anos, ele e um amigo, de 25 anos (Steve Wozniak), com apenas US$1.300 montaram, na garagem da casa dele, o primeiro protótipo de um computador pessoal direcionado ao consumidor comum.
Isso quer dizer que os equipamentos como o que permite, a mim, estar aqui digitando, e o que permite, a você, estar aí, lendo o que digitei, tornaram-se reais graças, em grande parte, à genialidade e à ousadia dos dois.
Eles protagonizaram uma revolução, foram visionários.
Um ano depois formaram a Appel Computer com o lançamento da Apple I. Um sucesso, pela simplicidade e usabilidade, que lhes rendeu quase um milhão de dólares. Em seguida lançaram a Apple II. Outro sucesso… Para você ter uma idéia, a empresa cresceu tanto, que cinco anos depois, ainda muito jovens, o quase milhão já havia expressivamente multiplicado; fazendo dos dois, milionários.

Em 1985, Jobs saiu da empresa e retornou em 1997, estando lá até hoje, ainda no posto de presidente executivo até três dias atrás, quando passou o comando para Tim Cook, seu sucessor, e até então vice-presidente operacional.

Aí você deve estar se perguntando o que essa história toda tem a ver com o personagem da Mosca…
Pelo simples fato de que esse magnata todo poderoso, para desgosto dos estilistas e amantes da moda, usa somente camiseta preta de mangas compridas e gola alta, calça jeans… E tênis, como é possível conferir nas fotos.
Simplicidade - Um bom começo para convergir sua atenção, sua energia e sua inteligência para um câncer de pâncreas que chegou para desafiá-lo, em 2005, sendo, ao que tudo indica, o motivo da sua atual entrega do cargo.
Naquele ano, em um discurso para um grupo de formandos na Universidade de Stanford, USA, ele diz
“Você não pode conectar os pontos olhando para frente; só pode fazê-lo olhando para trás. Então precisa confiar que os pontos irão se conectar no futuro. Você precisa confiar em algo – sua coragem, destino, vida, karma, qualquer coisa. Esse pensamento nunca me desapontou e fez a diferença na minha vida.”

“Lembrar que posso estar morto em breve foi a ferramenta mais importante que encontrei para fazer grandes escolhas na vida. Porque quase tudo – todas as expectativas externas, todo o orgulho, medo de falhar ou de passar vergonha – tudo isso vai embora na hora da morte, deixando somente o que é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor forma para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há motivos para não seguir o seu coração.”

“Ninguém quer morrer. Mesmo quem acredita em paraíso não quer morrer para ir para lá. E ainda assim, a morte é o destino de todos. Ninguém pode escapar disso. E é como deve ser, porque a morte é a melhor invenção da vida. É um fator que muda a nossa vida. Limpa o velho e dá lugar ao novo. Agora mesmo, você é o novo, mas algum dia não muito longe, você se tornará o velho e irá embora. Desculpe ser tão dramático, mas é verdade.”

“Seu tempo é limitado, então não o perca vivendo a vida dos outros. Não fique preso a um dogma – viver sob as expectativas dos outros. Não deixe as opiniões dos outros diminuírem a sua voz. E o mais importante, tenha coragem de seguir o seu coração e a sua intuição. De alguma forma, eles já sabem o que você quer se tornar. Todo o resto é secundário.”

Dramático? Não me pareceu. Talvez inteligentemente realista… Ou sensivelmente poético… Melhor assim.
Vou aproveitar e rever meus armários.
 Um abraço,Véra Gama



quarta-feira, 27 de abril de 2011

Diferentes gêneros cinematográficos

Ensino Médio

Diferentes gêneros cinematográficos

Planeta Sustentável

Bloco de Conteúdo
Mídias
Conteúdo
Cultura de massa

Conteúdo relacionado
Este plano de aula está ligado às seguintes reportagens de VEJA:
Objetivos
Discutir os diferentes gêneros cinematográficos e as preocupações que regem as produções atuais

Conteúdos
Conceito de Arte, gêneros cinematográficos, estética

Tempo estimado
Duas aulas

Introdução

No último domingo, 8 de março, aconteceu a cerimônia de entrega do Oscar 2010, e a revista VEJA desta semana traz uma série de reportagens sobre os filmes que concorreram à mais cobiçada premiação do cinema mundial. A diversidade de obras selecionadas para a premiação deste ano nos leva a pensar sobre os critérios de avaliação de um filme - seja pela tecnologia nele empregada, a estética que apresenta ou a mensagem que se propõe a passar. Aproveite as reportagens e este plano de aula para debater com a turma as características da sétima arte.

Atividades

Aula 1
Peça que os alunos leiam a crítica Lindo até Demais, publicada em VEJA, sobre o filme “Direito de Amar”, de Tom Ford. Diga a eles para analisarem, por meio do texto, em que categoria a película se encaixaria: drama, comédia, épico, histórico, romance, ação ou aventura. Solicite que descrevam esses gêneros, destacando suas principais características. A partir da constatação que se trata de um drama, divida a lousa em partes, colocando em cada uma delas os diversos gêneros, e peça que os alunos mencionem títulos de filmes que conhecem, categorizando-os.

Essa tarefa pode parecer simples num primeiro momento, mas não é. Alguns filmes não são muito favoráveis à categorização. Eles podem conter um pouco de ação, mas serem dramas ao mesmo tempo, podem ser históricos e comédia, há uma série de opções. Mostre aos alunos que, como toda obra de arte, o cinema não é facilmente classificável.

Em seguida, discuta com a moçada se todo filme pode ser considerado arte. Explique a eles que, em 1911, o intelectual italiano Ricciotto Canudo elaborou o Manifesto das Sete Artes, no qual classificou o cinema como a “Sétima Arte”, denominação utilizada até hoje. Solicite que os alunos façam uma pesquisa na internet sobre esse Manifesto e a tragam na próxima aula.

Aula 2
Comece a aula pedindo que os alunos apresentem o resultado da pesquisa realizada em casa. Analise com eles quais são as sete artes e por que algumas têm prioridades em relação às outras. Em seguida, proponha a seguinte discussão à turma: o que nos agrada num filme: a mensagem que ele contém ou a estética em que é produzido? Peça que os alunos releiam a reportagem de VEJA e atentem para o peso da estética no filme de Tom Ford. Discuta com a turma as preocupações que estão em jogo na direção de uma obra cinematográfica.

Em seguida, pergunte à moçada se eles assistiram, nos últimos tempos, algum filme que possua uma mensagem política ou social que os tenha marcado. Podem aparecer diversas obras. Comente com a turma que um dos filmes que concorreram ao Oscar 2010, e que apresenta uma forte mensagem social, é "Preciosa”, de Lee Daniels. A película conta a história de uma adolescente violentada pelo pai e abusada pela mãe, que cresce sem afeto em uma sociedade voltada para os bens materiais e os padrões estritos de beleza. Comente que o filme é um retrato cruel da sociedade americana da década de 1980 e apresenta duras críticas ao modelo vigente. Apresente à turma um trailler da obra, que pode ser encontrado na internet.

Em seguida, comente com a classe outra produção que também concorreu ao Oscar: o filme Avatar, de James Cameron. Exibida inicialmente em Londres, a película estreou no Brasil em dezembro de 2009, nas versões 2D e 3D, e foi sucesso de bilheteria. Pergunte aos alunos quem assistiu ao filme e o que acharam. Conte que se trata de uma história de ficção passada em Pandora, um mundo habitado por nativos denominados Na´vi, que entram em conflito com humanos que tentam dominar seu planeta. Apresente à classe, também, o trailler do filme, disponível na internet.

Peça que os alunos comparem as duas obras e promova um debate sobre a diversidade de objetivos aos quais um filme se propõe.

Para finalizar a aula, solicite aos alunos uma apresentação - em um programa do computador ou por meio de cartazes – sobre filmes que se caracterizaram por uma discussão rica e interessante – que ajudaram a sociedade a pensar seus problemas – e filmes marcados por uma estética inovadora – capaz de revolucionar o modo de fazer a sétima arte. Peça aos alunos que a apresentação seja feita apenas com imagens e, a partir delas, os alunos façam uma argumentação oral.

Avaliação
Verifique, por meio das apresentações em grupo, se a turma compreendeu os conceitos estudados. Preste atenção às ideias apresentadas e à capacidade de argumentação dos estudantes.
Quer saber mais?
Internet
O trailler de “Preciosa” pode ser encontrado no Youtube
O trailler de “Avatar” pode ser encontrado no Youtube

sábado, 23 de abril de 2011

Bullying

video

Páscoa / Renascimento




Páscoa






É tempo de renovação


É tempo de afinar as cordas do coração,


de repensar nossas atitudes,


de transformar a amargura em felicidade...


É tempo de nos unirmos


e celebrarmos a fé no amor!


Páscoa


Ritual de passagem para a vida,


É tempo do renascimento do Deus


que habita em cada um de nós!






Caroline Schneider

terça-feira, 12 de abril de 2011

Uso seguro da internet

Neste  link vc encontra HQs, sugestões de aulas , cartazes, vídeos , etc sobre o uso seguro da Internet

sábado, 9 de abril de 2011

sites interessantes

Sites e blogs educacionais




www.redespecial.org.br/site www.eusou.com.pt/crianca/
 www.educarede.com.br www.educacao.com.br
 www.juliosantos.com.br/website/conteudo


Estes sites são voltados tanto para aluno como professores. Podemos ver planos de aulas, métodos usados com crianças do ensino infantil até o ensino fundamental.Tem pesquisas de vários assuntos e temas para que professores abordem em sala de aula.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Objetivos de um planejamento

Uma das dificuldades relatadas por professores é na elaboração dos objetivos. Assim, seguem algumas dicas para facilitar o planejamento e acertar no objetivo!


1. Antes dos conteúdos sempre vem os objetivos. Contudo, pense primeiro nos conteúdos, faça uma listagem e depois, para cada conteúdo pense no para quê e por que ensinar tal assunto.
2. Há dois tipos de objetivos: geral e específico;
3. O objetivo geral, como diz o próprio nome, dá uma visão abrangente, generalizada; Resume todos os objetivos em uma meta maior;
4. O objetivo específico refere-se a cada conteúdo, tema e subtemas, estreitando o foco naquilo que deve ser atingido a cada aula ou grupo de aulas;
5. Os verbos a serem escolhidos devem ser de ordem direta e específica;
6. Veja alguns verbos que podem ser usados nos objetivos específicos: Especificar, listar, elaborar, confeccionar, conceituar, classificar, comparar, traçar, analisar, ler, calcular, propor, definir, etc.
7. Veja alguns verbos que podem ser usados no objetivo geral: Compreender, reconhecer, discernir, valorizar, conceituar, construir, elaborar, colaborar, estabelecer, classificar, dirigir, auxiliar, atingir, transformar, criar, ampliar, perceber, questionar, orientar, atender, enriquecer, reagir, despertar, analisar, definir, alcançar.
8. Você pode definir o tempo previsto para alcançar determinada meta. EX: Ao final da aula, os alunos deverão ser capazes de identificar e classificar as partes das plantas.


Não é tão difícil, não é? É só pegar a forma e ter clareza do que você quer atingir, das suas intenções.


Agora, pensados e elaborados conteúdos e objetivos, é só partir para a metodologia!